loader image
Notícias

Selos para incentivar a vacinação esgotam na loja virtual dos Correios

Publicidade

Em menos de um uma semana, os selos comemorativos desenvolvidos pelos Correios em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) para incentivar a vacinação esgotaram na loja online dos Correios.

O bloco comemorativo com seis selos foi lançado durante o evento Vacinas: da história e cobertura vacinal à divulgação científica, promovido Instituto Oswaldo Cruz/Fiocruz, no último dia 22. O objetivo da ação é aproximar a comunidade científica da população e chamar atenção para a baixa cobertura vacinal de diversas doenças, como a poliomielite, o sarampo e a covid-19, que tem sido motivo de preocupação. 

Segundo os Correios, a venda do bloco comemorativo pela internet será retomada em breve. Os selos também serão enviados às principais agências do país onde poderão ser adquiridos. 

Publicidade

As peças são inspiradas no livro Vacinas, publicado pela Editora Fiocruz e vencedor do 8º Prêmio Abeu. As estampas trazem ilustrações aplicadas sobre as cores da bandeira brasileira, com referência a aspectos históricos do desenvolvimento das vacinas e conquistas da vacinação no Brasil.

Os selos foram criados pelo artista Alan Magalhães com tiragem de 14 mil blocos. Cada bloco composto de seis selos pode ser adquirido por R$ 14,10. O exemplar de cada estampa tem o valor de 1º Porte da Carta, R$ 2,35. 

Livro

O livro Vacinas foi escrito pelos pós-doutorandos do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) Jorlan Fernandes, do Laboratório de Hantaviroses e Rickettsioses, Natália Maria Lanzarini, do Laboratório de Virologia Comparada e Ambiental; o assessor científico sênior de Biomanguinhos, Akira Homma; e a pesquisadora do Laboratório de Hantaviroses e Rickettsioses do IOC, Elba Lemos.

Publicidade

Com seis capítulos, a obra aborda diferentes áreas que permeiam a vacinação, contemplando desde a definição, a história e a relevância das vacinas, passando pelos desafios e perspectivas sobre o assunto e incluindo a compreensão atual das vacinas e das estratégias de imunização.

O destaque do livro é o Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Sistema Único de Saúde (SUS), um dos programas mais completos do mundo e referência internacional de política pública de saúde bem-sucedida.

Curiosidades

No bloco comemorativo, primeiro selo faz referência ao médico Edward Jenner, que desenvolveu a primeira vacina, em 1796, inoculando o germe da varíola bovina em uma criança, que ficou protegida contra a doença humana. A história deu origem à palavra vacina, a partir do termo em latim vaccinus, que significa derivado da vaca. Já o segundo selo tem ilustrações que representam as diversas vacinas disponíveis no PNI. 

Na segunda fileira, o desenho chama atenção para vacinação infantil, com imagens da caderneta de vacinação de meninas e meninos e o calendário de imunização das crianças. Ao lado, uma família admirando as mãos que preparam uma seringa para a vacinação, apontando que a imunização é uma conquista de todos. 

Na última fileira, o selo da esquerda ilustra a imunização com uma pistola similar à utilizada na campanha de erradicação da varíola e um casal de idosos que remete à população vacinada no passado. Por último, a estampa da vacinação com a gotinha contra a poliomielite e dois jovens beneficiados pelas campanhas de imunização.

Por Agência Brasil